Mito ou verdade? Será que é possível engravidar tomando anticoncepcional? E para surpresa de quem usa esse método bem eficaz a resposta é sim! Quem toma anticoncepcional pode sim engravidar. Claro que quem toma religiosamente em dia e tem condições normais de saúde não engravida com anticoncepcional. Porém, nenhum método é 100% seguro e algumas vezes o índice de 98% não é o bastante. Mas, não se preocupe, no geral a maioria dos anticoncepcionais são bem seguros.

Para que uma mulher engravide tomando anticoncepcional precisam ocorrer alguns fatores externos e um tanto quanto incomuns num único ciclo especificamente. Então, se você se previne para não engravidar tomando anticoncepcional, fique de olho nas dicas a seguir.





IMPORTANTE: Se você não é uma pessoa regrada e não consegue tomar remédios todos os dias em horários específicos, pode ser interessante procurar outro método contraceptivo.

Principais Causas que Podem Levar a Mulher a Engravidar

Os fatores são diversos, porém os mais comuns são:

  • Troca de anticoncepcional
  • Esquecimento da pílula
  • Uso de antibióticos
  • Diarreia ou vômitos em até 4 horas depois de tomar a pílula
  • Pílula ou dosagem inadequada

Fatores que Fazem Engravidar Tomando Anticoncepcional

A troca do anticoncepcional pode levar à gravidez quando o novo medicamento tem outro princípio ativo de ação, ou seja, o anterior à base de estrogênio e o novo à base de progesterona. Isso porque, pode haver demora na adaptação e uma janela fértil ser aberta, provocando a gravidez mesmo com uso correto do medicamento.

Outro fator que leva à gravidez durante o uso do anticoncepcional é o famoso “esqueci a pílula”. Esquecer a pílula é normal e acontece, porém se a mulher é esquecida com medicações o melhor é optar por uma outra forma de contracepção ou mesmo o anticoncepcional injetável.

Esquecer a pílula por no máximo 12 horas ainda é relevante, porém um esquecimento de mais de 12 horas ou mais do que 24 horas passa a dar abertura para uma janela fértil e possível gravidez mesmo com uso de anticoncepcional.

Mitos e Verdades Sobre a Pílula Anticoncepcional.

O uso de antibióticos durante o ciclo com anticoncepcional também pode prejudicar a eficácia do medicamento. Alguns princípios ativos do antibiótico podem promover a abertura de uma janela fértil e gerar o risco da mulher engravidar mesmo tomando anticoncepcional.

Diarreia e vômitos também são fatores consideráveis. Dessa vez, o corpo pode acabar expelindo o anticoncepcional antes de ser absorvido pelo organismo da mulher.

Outro fator pouco discutido é a dosagem da pílula ou a inadequação do princípio ativo do anticoncepcional em relação ao organismo da mulher, especificamente falando. Se o corpo não se dá bem com o anticoncepcional à base de progesterona, o médico deve detectar essa falha e providenciar uma troca de anticoncepcional para assegurar que a mulher não corra o risco de engravidar tomando o anticoncepcional errado para o seu organismo.

Então, chegamos à conclusão de que tomar o anticoncepcional corretamente todos os dias no mesmo horário é uma ótima forma de se prevenir uma gravidez indesejada. Agora, se acontecer o esquecimento ou mesmo o uso de antibióticos e houver relação sexual no dia da ovulação ou durante o período fértil é possível uma gravidez mesmo utilizando o medicamento.

Para sua segurança, aconselho adotar outras formas de prevenção caso aconteça algum dos episódios acima. É importante, por exemplo, sempre fazer uso de preservativo para se proteger de DSTs e evitar janelas férteis.

Dúvidas das Leitoras:

Qual a chance de engravidar tomando anticoncepcional certinho?

Como já foi falado, nenhum contraceptivo é 100% seguro e mesmo tomando certinho podem ocorrer falhas, ainda que as chances sejam mínimas. Os anticoncepcionais oferecem 98% de segurança, portanto existe 2% de risco de engravidar. Além disso, mesmo tomando certinho e em horários corretos, pode haver falha quando utilizado junto de medicamentos que “cortem o efeito”.

Qual o risco de engravidar tomando anticoncepcional em horários diferentes?

Recomenda-se tomar o anticoncepcional diariamente no mesmo horário para garantir a eficácia e evitar o esquecimento da pílula. Porém, caso seja tomado no prazo de até 12 horas da última pílula as chances são praticamente nulas de engravidar.

Qual o risco para o bebê de engravidar tomando anticoncepcional?

Não existem riscos para o bebê, porém estudos recentes levantaram a hipótese de que, como no primeiro trimestre ocorre a formação dos órgãos sexuais do bebê, a ingestão de hormônios poderia acabar comprometendo o processo. Vale lembrar que a formação dos órgãos genitais depende completamente da genética e da parte hormonal e pode sofrer alterações na sua formação caso os níveis hormonais estejam desregulados.

Dica importante: os hormônios devem ficar equilibrados quando a mulher quer engravidar mas nem todas conseguem. Por isso, recomendamos o uso das cápsulas de inhame como estimulante natural de ovulação. Outro benefício é que ela também colabora para um muco cervical mais abundante. Você pode conhecer mais sobre as cápsulas de inhame aqui.

Veja também: Como Funciona o Ciclo Menstrual e Fases do Ciclo

Foto: Paille

Para nós, credibilidade e transparência são essenciais. Por isso, nossos artigos são escritos e revisados por especialistas da área. Este artigo foi escrito e revisado por:
Nutricionista especialista em Fertilidade e Materno Infantil
CRN-3 55966

Graduada em Nutrição, pós-graduada em Nutrição Materno Infantil e com formação em Nutrição e Fertilidade. Possui, também, formação em Natural Chef (gastronomia funcional) e hoje é atuante na área clínica de atendimento nutricional às tentantes, casais, gestantes, lactantes, crianças e saúde da mulher.

Expert em Fertilidade

Tentante por 7 anos e agora mãe de 3, Patricia é autora e idealizadora do portal Trocando Fraldas e da marca Famivita. Já participou de diversos programas na TV, como o Hoje em Dia, Papo de Mãe, Jornal da Cultura, e já deu diversas entrevistas à rádio.