Ler mais histórias
Olá, meu nome é Jusimara

Essa é minha história

Conhecer agora


Nunca é tarde para sonhar

Já sou mãe de uma moça de 25 anos, e casada há 14 anos. Logo depois que me casei comecei minhas tentativas para engravidar do segundo filho, porém não conseguia, e não entendia porque. Ao fazer alguns exames, descobri que tinha hipertireoidismo, algo que nem sabia o que era. Comecei o meu tratamento, mas mesmo assim não adiantou, continuava sem conseguir realizar o meu sonho de ser mãe novamente.

Eu e meu esposo
Sem explicação

Fiz todos os exames possíveis e todos estavam normais, a tireóide estava controlada e meus hormônios todos em dia. Até que resolvi então fazer a tão temida histerossalpingografia, e mais uma vez tudo estava normal. Então, continuei a tentar, mas nada de conseguir engravidar naturalmente.

Quando me mudei para o Espírito Santo resolvi procurar ajuda na área da fertilização. Mas, infelizmente não tive um bom diagnóstico, e ao refazer minha histerossalpingografia, descobri que tinha a trompa esquerda obstruída e opacificada.

Meu mundo desabou de vez, não sabia o que fazer e para que lado correr, só sabia chorar e chorar.

Como sou muito persistente, eu não desisti! Comecei a fazer ultrassons seriadas, só que como meu esposo é caminhoneiro, ficava bem complicado os nossos encontros (risos). E acabei desistindo das tentativas por um tempo.

Tudo pelo sonho

Porém, dentro de mim o sonho de ser mãe não morria. Eu usava garrafadas, chás, remédio para indução, e tudo o que me diziam para fazer eu fazia (risos). Meu esposo ficava doido de tanto eu pedir para ele pagar a nossa FIV (fertilização in vitro). Porém, como era um tratamento muito caro, ele só me enrolava, colocando a culpa nas contas e me fazendo desanimar ainda mais.

Mas, quem é tentante sabe que é impossível tirar a nossa vontade da cabeça.

Os anos se passaram, e ao meu redor todas as minhas amigas estavam engravidando, mas nada de acontecer comigo. Só Deus sabe quantas noites chorei, quantos sonhos tive de ter um novo bebê em meus braços, e esse sonho não se realizava!

Então, passei a acompanhar grupos em redes sociais e vi tantas histórias parecidas com a minha, e outras até piores, que me encorajam a não desistir! Porém, em 2020 comecei a me desesperar, já estava chegando aos 41 anos e não tinha dinheiro para tentar qualquer tratamento.

Ainda veio a pandemia do coronavírus, que virou nossa vida de cabeça para baixo literalmente. As contas se acumularam, o meu casamento ficou um pouco abalado. Vi minha vida passar diante dos meus olhos, pensei em desistir, disse pra mim mesma “não é para ser”.

Mas meu coração dizia outra coisa.

A esperança retorna

Até que em outubro resolvi usar o gel específico para engravidar que minha prima havia me dado. Já que ela usou e conseguiu engravidar, resolvi usar também. Estava bem descrente para ser bem sincera, já que a meu ver já tinha feito tudo o que estava ao meu alcance.

Um tempo depois de ter usado o gel, ao conversar com a minha prima, ela me perguntou se eu já havia menstruado. E eu na mais bela calma disse que era para descer no próximo dia, em 21 de novembro. Pelo app que eu usava, minha menstruação não estava atrasada, mas minha prima insistiu que estava.

Porém, meu ciclo sempre foi de 35 dias para mais, e minha menstruação raramente descia antes. Mas mesmo assim minha prima insistiu para eu fazer um teste de gravidez. Até chamei ela de doida. Mas fiquei com isso na cabeça e resolvi comprar um teste na farmácia, e para minha surpresa lá estava o meu tão sonhado positivo!

Quase caí dura de tanta emoção, sem acreditar! No outro dia fiz um beta quantitativo e deu um lindo resultado de 1.238,6 de HCG.

A felicidade tomou conta do meu ser, e de todos ao meu redor, que sabiam do meu sonho!

Obrigada meu Deus por nunca me deixar desistir!

Minha primeira ultrassom

Obrigada por ter lido a minha história até aqui. Se você tem um sonho, acredite e nunca desista! Boa sorte a todas as tentantes.

Beijos de luz,
Jusimara

Leia mais histórias com:



Todas as histórias de usuárias você encontra aqui.