A gripe já é uma doença chata e incômoda para nós adultos. Agora, imagine para nossos pequenos que não conseguem falar o que estão sentindo e acabam ficando irritados com o mal estar. Quando notamos nosso bebê gripado ficamos angustiadas, não é mesmo? Ainda mais mães de primeira viagem, que não sabem ao certo como agir.

O que Fazer com o Bebê Gripado

O melhor a fazer quando se nota o bebê gripado é ficar tranquila, pois a gripe ou o resfriado não trará maiores complicações a não ser incômodo e dificuldade para mamar devido ao nariz entupido.

É natural o bebê gripado ficar manhoso, irritado, com o nariz entupido e os olhos vermelhos, mas esses sintomas desaparecem, em média, entre 4 a 7 dias. Então, nada melhor do que ter muita paciência. Uma das maiores preocupações é o apetite, que pode ser afetado, já que assim como nós adultos quando estamos gripados o bebê perde um pouco da fome. Por isso, não entre em desespero caso ele não esteja se alimentando como normalmente faz.

Como Tratar a Gripe do Bebê

É bom a mamãe se preparar, pois logo será craque no assunto bebê gripado, já que crianças ficam, em média, 3 a 6 vezes gripadas ou resfriadas por ano e isso ocorrerá até os 5 anos de idade, período em que seu sistema imunológico estará mais forte. Normalmente, a gripe vai embora sozinha com o passar dos dias, porém podem ser tomadas algumas medidas para aliviar o incômodo do bebê como:

  • Deixar que ele durma com a cabeça mais elevada que o resto do corpo. Dessa forma a respiração ficará um pouco melhor, além de aliviar o nariz entupido.
  • Manter o nariz do bebê sempre limpo com um aspirador nasal e soro fisiológico. Você pode utilizar o de conta gotas ou o de spray.
  • Se já tem mais que 6 meses e iniciou a introdução alimentar, ofereça frutas ricas em vitamina C, como laranja, mexerica, kiwi, morango, goiaba e mamão. Importante também a oferta de água para a hidratação.

É bom ter cuidado com mamadeiras, chupetas e copos, que devem ser esterilizados a cada uso. Também recomenda-se a higiene das mãos que devem ser realizadas sempre antes de pegar a criança. Isso ajudará na rápida recuperação, mantendo outros vírus e bactérias longe do alcance do bebê.

Bebê Gripado com Tosse?

Sim, é normal um bebê gripado com tosse, isso porque a gripe é uma infecção das vias respiratórias, causada por uma variedade de vírus que são transmitido através de gotículas de saliva expelidas via espirros e tosse que acabam sendo aspiradas por pessoas ao redor.

Outro meio de transmissão é pelas mãos que recebem o vírus a cada tosse e espirro ao se proteger, por isso é essencial lavar bem as mãos, principalmente quando for pegar um bebê ou uma criança.

Porque Ocorre a Tosse

Como o vírus afeta as vias respiratórias, a tosse ocorre como uma forma de combate e de eliminação dos agentes que estão atacando. Você só deve se preocupar e procurar por um pediatra se os sintomas persistirem por mais do que 5 dias, se os pulmões estiverem cheios de catarro ou se a febre estiver superior a 38 graus.

Com esses sintomas, é aconselhável visitar um pediatra e, caso ache necessário, ele recomendará um raio-X do pulmão para ver a intensidade do catarro e checar possibilidades de algo mais  grave. Se o pulmãozinho estiver cheio, os cuidados deverão ser redobrados com o bebê gripado, pois caso não seja tratado corretamente pode progredir para uma pneumonia e o quadro se agravar ainda mais.

Tratamento

O tratamento ideal para cada bebê varia e será indicado pelo pediatra após a consulta e os exames. Nenhum medicamento deve ser oferecido sem prescrição médica. No caso de um bebê gripado, normalmente o tratamento é à base de soro fisiológico para higiene das narinas e de antitérmico em caso de febre.

Dica importante: para mamães que amamentam, é recomendável ter todos os nutrientes e vitaminas presentes no leite materno. Por isso, a ingestão de vitaminas e minerais através de um polivitamínico é muito importante. Recomendamos a FamiGesta, que além de todas as vitaminas essenciais, tem ainda o Metilfolato. Você encontra a FamiGesta aqui.

Veja também: Como Baixar a Febre das Crianças?

Fotos: Brittany Randolph, Molly