A pergunta que não quer calar, dúvida de 8 entre 10 mulheres que frequentam ou visitam o TF: estou grávida? Será que mesmo depois de menstruar eu posso estar grávida?

Tudo pode começar a partir do momento em que a menstruação vem em quantidade, volume, cor e aspecto diferente do habitual. Algumas mulheres podem estranhar a mudança repentina. E aí, a gravidez é a primeira hipótese que surge na sua cabeça. Nem sempre é a explicação, mas com certeza é uma possibilidade para mulheres em idade fértil. Mas como saber se a menstruação veio diferente por causa de uma gravidez? Será que estou grávida mesmo menstruando? De onde ela veio? Para onde ela vai? Perguntas que a Famivita vai responder agora!





A forma mais direta de saber se está grávida é com um teste de gravidez. O teste depende do hormônio hCG, que só aparece no corpo após a nidação. Alguns testes são mais sensíveis do que outros, como o teste da FamiVita que possui a maior sensibilidade do mercado. Dessa forma é possível detectar a gravidez e tirar a dúvida mais rápido. Você pode encontrar nosso teste de gravidez em nossa loja virtual.

Uma diminuição ou até alteração da cor do fluxo menstrual pode ser por causas hormonais. Os danadinhos dos hormônios, sempre eles! A alteração pode acontecer por um aumento da produção de um deles (estrogênio e progesterona). Outra causa pode ser um endométrio muito fino (menos de 5mm), que pode fazer com que a mulher menstrue bem menos do que deveria menstruar normalmente. O baixo fluxo pode dar uma falsa esperança àquelas que querem muito um bebê. Também pode apavorar as que estão à beira de um ataque de nervos com medo de estar grávidas. Descabelamentos à parte, a menstruação pode pregar verdadeiras peças. Por isso, se basear apenas nela para determinar a possibilidade de uma gravidez pode ser de fato errado.

O fato é: grávida NÃO menstrua, mas pode ter sangramentos . O problema é que raramente as mulheres sabem diferenciar esses sangramentos de uma menstruação anormal. Basicamente, a mulher que menstrua não tem mais o endométrio para abrigar o embrião em seus estágios iniciais. Sem ele, não existe a possibilidade de uma gravidez acontecer. Fluxos intensos são sinal de que todo endométrio se desprendeu, principalmente com coágulos. Aqueles pedaços presentes no sangue menstrual muitas vezes são partes do tecido endometrial. Não se assuste se um dia tiver uma quantidade menor ou não tiver esses coágulos. Pode ser apenas um sinal de que o endométrio cresceu menos neste ciclo. Como já mencionamos, se tem dúvidas, faça um teste de gravidez para confirmar.

Quando o sangue indica gravidez?

Normalmente, o sangramento de gravidez que muitas mulheres confundem com a menstruação é o sangramento de nidação. Não é incomum ver perguntas no site sobre baixo fluxo de cor estranha que são possíveis sangramentos de nidação. Muitas tentantes se confundem entre o sangramento de implantação e a menstruação. No entanto, o sangramento de implantação não é abundante, nem chega a parecer com um fluxo leve. O sangramento de nidação NÃO APRESENTA FLUXO. Ele tem apenas uma presença sutil quando a mulher se limpa após a ida ao banheiro ou um borrão de leve na calcinha. Esse “sangramento” é mínimo e apenas levemente aparente. A grande maioria das mulheres não apresenta o sangramento de nidação. Então, não se anime se teve fluxo de molhar o absorvente. Provavelmente você tem mesmo uma menstruação menos intensa que o de costume.

O fluxo também pode gerar dúvidas se apresentar diferenças em sua cor e textura. Além dos blocos de sangue chamados coágulos, existe o sangramento com alteração de coagulação, a famosa borra de café. Essa sim é motivo de preocupação parcial. Ela pode querer dizer que seu organismo está produzindo menos progesterona do que deveria. Então, o endométrio eliminado apresenta uma aparência diferente.Isso acontece porque o corpo pode demorar mais para eliminar este endométrio já reduzido. Esse tecido que fica retido dentro do útero acaba se oxidando. Isso dá a coloração característica da “borra de café”. Menstruação escura é sinônimo de baixa da progesterona, enquanto coágulos de cor vermelho vivo até vermelho escuro, e com fluxo intenso significam um aumento exagerado de estrogênio.

Algumas vezes esses desequilíbrios podem ser ausência da quantidade correta e deficiência de vitaminas, você sabia? Por isso é indicado suplementar o organismo de forma correta, seja pela alimentação ou por polivitamínicos adequados para essa fase. Conheça as vitaminas da Famivita aqui.

Então reforçando: sangramento que indica gravidez é o de nidação. Porém, este sangramento NÃO DEVE TER FLUXO, encher absorvente ou encharcar a calcinha. Deve ser sutil a ponto de aparecer e sumir em algumas horas e no máximo em 3 dias. Sangramentos com fluxo ainda que mais leve, mas com características diferenciadas, na grande maioria são menstruação mesmo. Se a duração do seu ciclo menstrual (dias de sangramento) for menor do que o de costume, mas mesmo assim tem um fluxo, é menstruação. Apenas considere o sangramento suspeito se ele apontar e em no máximo 3 dias a menstruação não vier normalmente.

Não se iluda se teve sangramento menor mas com fluxo. Eles podem pregar peças, assim como outros sintomas de gravidez. Grávida que apresenta sangramentos está com a gestação correndo risco! Gravidez com sangramento é sinal de que têm algo errada e nem toda grávida sangra. Felizmente, a grande maioria nem apresenta sintomas de menstruação à caminho.

Se você menstruou menos e acha que está grávida, faça um teste para tirar as suas dúvidas. Mas faça sem muita esperança e com consciência. Na grande maioria, esse sangramento menor com fluxo pequeno é menstruação em um ciclo em que o endométrio não cresceu adequadamente. Não é impossível que esteja grávida, mas as chances são bem pequenas quando se tem um fluxo menstrual considerável.

Veja também: É Possível Engravidar Sem Menstruar?

Foto: Hey Paul Studios