E 9 meses depois …. a ansiedade aperta demais! Saber que o momento do parto está próximo é um dos motivos que fazem o final da gravidez parecer extremamente longo. E a gente deve mesmo estar preparada para um parto a qualquer momento, pois nunca se sabe a hora que o bebê pode nascer. Mesmo se você, assim como eu, agendou a cesárea, é bom ficar atenta aos sinais de trabalho de parto. Eu cansei de ler e ver relatos de pessoas que estavam com a cesárea marcada e o danadinho resolveu vir antes da hora.

E como reconhecer os sinais de trabalho de parto? Além da óbvia ruptura da bolsa, existem outros indicadores que podem ajudar. Em algumas mulheres os sinais de trabalho de parto são bem sutis e quando vão à maternidade percebem que já estão até com dilatação. Mas outras têm os sinais de trabalho de parto bem evidentes como endurecimento da barriga e fortes contrações.

Como Saber se é Contração?

As dores de contração podem ocorrer tanto na barriga como nas costas. Em algumas mulheres são tão intensas que não conseguem nem sentar, já em outras é algo praticamente indolor. Nem sempre essas dores vem acompanhadas de dilatação, e não dá pra determinar um padrão para todas as mulheres.

É quase impossível, na realidade, pois cada organismo e cada gravidez é diferente. O ideal é manter-se alerta e sempre com o telefone do obstetra à mão, já que nunca se sabe o que pode acontecer e quando irá acontecer, principalmente. Mas se você está com mais de 36 semanas de gestação e começa a ter cólicas e barriga dura, chegou a hora de ir para o pronto atendimento da maternidade.

Como Identificar os Sinais de que a Hora Chegou?

  • Dores nas costas semelhantes a fortes cólicas menstruais.
  • Perda do tampão, um muco com sangue ou secreção rosácea ou sanguinolenta que sai do colo do útero para passagem do bebê.
  • Endurecimento ritmado da barriga com ou sem dor e com um intervalo de 15 ou 10 minutos. As contrações passam a ser frequentes e bem regulares, isso quer dizer que o trabalho de parto pode ter começado.
  • Colo do útero muito macio, quer dizer também que o parto se aproxima! Esse é o colo do útero apagado tão falado em consultórios médicos.
  • E por fim mas não menos importante, a bolsa rota! Mas atenção, nem sempre que a bolsa se rompe ocorre uma cachoeira de água como nos filmes. Pode acontecer como foi comigo, uma ruptura parcial que deixa que o líquido escape mas sem muito alarme para a gestante. Monitorar é necessário e qualquer sinal anormal de umidade deve ser investigado.

Se a bolsa estourar fique tranquila, há um prazo de 24 horas para que o bebê nasça com segurança. Mas nunca permita que o médico passe esse prazo, pois será necessário tomar um antibiótico intravenoso de forma a evitar riscos de infecção. Normalmente, os médicos optam pela cesariana, mas se parto normal for a sua vontade, não hesite! Converse com seu médico sobre os planos para o parto e veja se sua escolha é possível!

Dúvidas das Leitoras:

Já no começo do trabalho de parto sentirei fortes dores?

Antes do trabalho de parto o corpo vai dando sinais de que o grande momento está chegando. Dores e incômodos são naturais na reta final, porém as mais intensas só ocorrerão durante o trabalho de parto ativo e já bem próximo ao nascimento do bebê.

Como saber se estou em trabalho de parto?

O trabalho de parto só é definitivo quando constatado que as contrações estão regulares e ritmadas. A gestante pode anotar o tempo de cada contração, confirmando na maternidade através do exame de cardiotocografia.

Veja também: Parto Natural – A Força e Beleza de Ser Mulher

Foto: Pais&Filhos, Sempre Materna